Select Page

1) Quais são as etapas para se iniciar o tratamento de uma pessoa que esteja envolvida com o álcool e outras drogas ?
Primeiramente é importante que a pessoa queira se tratar , ou que pelo menos mostre uma certa ambivalência quanto ao uso. Isto é, que exista momentos que queira se tratar. Caso a pessoa aceite iniciar o tratamento este deve se submeter a um processo de avaliação psiquiátrica e psicológica para se mensurar o grau de severidade do envolvimento; avaliar a existência de comorbidades (outras doenças concomitantes) após essa avaliação se definiria qual seria a modalidade de tratamento indicada como: ambulatorial ou ambientoterápico como o do Centro Terapêutico Villa Vita.

2) Quando uma pessoa necessita ir para um tratamento ambientoterápico ?

Depende do grau de dependência que essa pessoa esteja envolvida.
Normalmente as pessoas que precisam deste recurso terapêutico são pessoas que tentaram por várias vezes ficar abstêmios, porem com algum tempo voltam a ter recaídas.

3) Que metas se almeja no Centro Terapêutico Villa Vita ?

• Primeiro é alcançar a abstinência completa. Procuramos dar um suporte psicológico e farmacoterápico (medicamentoso), quando necessário, para o tratamento da síndrome de abstinência não ocorrer com tanto sofrimento.
• Outras metas são tratar as comorbidades pré-existentes, usar técnicas motivacionais para o tratamento, assim como técnicas de prevenção da recaída.

4) Como é feito isso ?

• A priori tentamos proporcionar uma estrutura física confortável. È um ambiente aconchegante, que faz com que a pessoa se sinta em casa, sem necessariamente haver a ruptura com os laços familiares.

5) Como é essa estrutura física do Centro Terapêutico Villa Vita ?

• Temos uma infraestrutura montada para que o interno possa realizar atividades sócio esportivas e culturais. São salas de jogos e vídeos, quadra de esporte, piscina e um espaço fitness. Os apartamentos podem ser individuais, todos com ar–condicionado, frigobar e tv por assinatura.

6) Dentro das metas o que são comorbidades ?

• É quando a pessoa antes de envolver-se com algum tipo de substância psicoativa como o álcool e/ ou outras drogas, já era portador de um transtorno psíquico ou que o uso da substancia psicoativa desencadeou outros transtornos. As comorbidades mais frequentes com dependência química são: depressão; ansiedade, transtornos de déficit de atenção, transtornos obsessivos compulsivos, e fobia social.

7-) Como são tratadas as comorbidades ?

• Com psicoterapia de orientação cognitiva comportamental e farmacoterapia (medicamentosa).

8) Como são as técnicas motivacionais ?

• Primeiramente, procuramos estabelecer um vínculo com a pessoa; obter as percepções que ela tem a respeito do problema, ouvir e reconhecer os aspectos do uso que os agradam, evocar dúvidas ou preocupações a respeito do uso de substâncias, oferecer informações sobre substâncias pscicoativas. Exploramos prós e contras do comportamento do uso; as expectativas do tratamento e re- exploramos a capacidade de mudança do mesmo.

9) E quanto a prevenção de recaídas ?

• São técnicas cognitivas comportamentais que abordamos nos seminários e grupos terapêuticos com o objetivo de manter o paciente abstêmio. A pessoa passa a detectar situações de alto risco, executar uma melhor resposta de enfrentamento mais eficaz diante da situação de alto risco, aprende a usar técnicas para aliviar a fissura, modificar as crenças permissíveis quanto ao uso de substancias e mudanças de hábitos.

10) Após a alta ambientoterápica como fica o tratamento ?

• A pessoa continua vinculada ao serviço a nível ambulatorial, indo aos seminários e grupos terapêuticos uma vez por semana assim como ao atendimento individual.